Ativismo e Justiça Transnacional: Grupo de Pesquisa “Justiça e Política”

A 1a reunião da linha “ativismo” (que faz parte do GP J&P) ocorre na sexta.
A linha de pesquisa analisa o fenômeno conhecido como ativismo judicial, enquanto tendência da nova postura do Estado em relação à garantia dos direitos fundamentais. O problema radica na paradoxal ineficiência das instituições em relação à proteção e exigibilidade de direitos básicos mobiliza posturas complexas por parte de novos protagonistas do fenômeno juridificante das relações sociais, incluindo tribunais e orgãos de cooperação internacionais.
Nessa linha específica, os participantes investigarão os seguintes temas: accountability e administração da Justiça; ativismo judicial; constitucionalismo latino-americano; cooperação jurídica internacional; tribunais internacionais e Direitos Humanos

O Grupo Justiça & Política foi constituído em 2009 com foco na questão do ativismo judicial e da discussão em torno do que se convencionou chamar judicialização da política e das relações sociais. A partir de 2010, passou a integrar outra linha de pesquisa dedicada à discussão sobre justiça restaurativa e a vítima no processo penal. Em 2011, acrescentou-se nova linha relacionada à história das ideias constitucionais no Brasil. Em comum, todas as linhas desenvolvem investigações sobre a estreita e complexa ligação entre direito e política, com especial atenção à constituição e manutenção do modelo de justiça brasileiro, que privilegia posturas ideológicas não-reflexivas e que, portanto, reproduzem a alienação quanto ao papel das instituições em relação à afirmação e à proteção de direitos e necessidades humanas. Nesse sentido, foram realizados diversos eventos, inclusive um Fórum Internacional, como também possibilitou a participação dos membros em relevantes eventos nacionais e, ainda, a produção de artigos e de uma tese de doutorado. Umas das pesquisas desenvolvidas no seio do Grupo (justiça restaurativa e  a vítima no processo penal) foi selecionado pelo Projeto CNJ Acadêmico (DPJ-CNJ e Capes) em 2010.

Anúncios

3 pensamentos sobre “Ativismo e Justiça Transnacional: Grupo de Pesquisa “Justiça e Política”

    • Olá, meu amigo Prof Rodrigo Palma! Vou inseri-lo de imediato como participante do GP. É uma grande honra para nós, sobretudo pelo sua envergadura como internacionalista! Preciso apenas de alguns dados seus. Vou encaminhar por email. Forte abraço

  1. Olá, tb tenho muito interesse em participar… como faço??
    Já procurei vc pelo face… mas seu perfil ta lotado…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s